You are here

VIGA, PONTE - SOBRECARGA DA PISTA

VIGA, PONTE - Refere-se à(s) viga(s) horizontal(ais) principal(ais) do guindaste que suporta(m) o carro, sendo suportada(s) pelos carros de translação e perpendicular ao carril.

VIGA, TRANSMISSÃO (VIGA "A"/”G1”) - Refere-se à viga da ponte à qual o motor da ponte e caixa(s) de engrenagem estão ligados. Para guindastes com uma transmissão em cada viga, refere-se à viga aos quais os painéis de controlo e/ou cabine estão ligados.

VIGA, ROLDANA DE TENSÃO (VIGA "B”/”G2”) - Refere-se à viga da ponte sem unidade motora ligada, mas que transporta geralmente os condutores da ponte.

VIGA, PASSAGEM - Refere-se à viga horizontal ligada às colunas de edificação. VIGA, Auxiliar (VIGA EXTERNA)- Refere-se à uma viga adicional, quer sólida quer metálica, colocada paralelamente à(s) viga(s) da ponte para suportar a passarela, os painéis de controlo, a cabine do operador, etc., com vista a reduzir as forças de torção que tais cargas poderiam impor.

GUINCHO, AUXILIAR - Refere-se a uma unidade suplementar de içamento, geralmente concebida para manusear cargas mais leves e mais rapidamente do que o guincho principal.

GUINCHO, PRINCIPAL - Refere-se ao mecanismo principal do guincho para a elevação e descida da carga nominal do guindaste.

APROXIMAÇÃO DO GANCHO, EXTREMIDADE - Refere-se à distância horizontal mínima, paralela à passagem, entre a linha central do gancho e a face da parede (ou colunas) na extremidade da construção.

APROXIMAÇÃO DO GANCHO, LATERAL - Refere-se à distância horizontal mínima, perpendicular à passagem, entre a linha central do gancho (principal ou auxiliar) e a linha central do carril da passagem.

POLEGADAS (POLEGADAS) - Ver "jog". Termo frequentemente utilizado incorretamente para a "velocidade de introdução" (que vemos).

IMPULSO (POLEGADA) - Deslocar o gancho, o carro ou a ponte através de séries de pequenas, descontínuas e incrementos de uma operação momentânea por parte de um controlador.

EXTREMIDADE ESQUERDA - Refere-se a peças ou dimensões à esquerda da linha central de expansão do visualizador, estabelecidas voltadas para a parte lateral da transmissão da viga do guindaste.

ELEVAÇÃO (DESLOCAMENTO DO GANCHO) - Refere-se à distância vertical máxima através da qual o gancho pode movimentar-se, conforme determinado pelo comprimento do cabo e/ou o número de ranhuras do tambor.

INTERRUPTOR DE LIMITE - Refere-se a um dispositivo elétrico acionado pela ponte, pelo carro ou pelo movimento do guincho para desligar o circuito, estabelecer um novo circuito ou fornecer um aviso.

CARGA ESTÁTICA - Refere-se à(s) carga(s) numa parte do guindaste que permanece(m) numa posição fixa relativamente ao membro a considerar.

CARGA MÓVEL - Refere-se a uma carga em movimento ou que varia relativamente ao membro a considerar. No que diz respeito ao carro, a carga móvel consiste na carga nominal somada ao peso do bloco. No que diz respeito à ponte, a carga móvel consiste na carga nominal mais o peso do carro.

CARGA NOMINAL - Refere-se à carga estática vertical máxima para um guindaste ou um determinado guincho individual.

FLUTUAÇÃO DE CARGA - Refere-se à um sistema de controlo que permite o funcionamento contínuo de um guincho no sentido de elevação ou descida em cerca de 04% da velocidade nominal completa, permitindo ainda a suspensão estática da carga por um curto período sem o acionamento do freio de manutenção.

INTERRUPTOR MASTER - Refere-se a dispositivo controlado manualmente que dirige o funcionamento dos contactores e/ou dispositivos auxiliares de um controlo elétrico

SOBRECARGA DA PISTA - Refere-se a um membro horizontal montado ao longo de um corrimão ou viga, que sustenta carris móveis a partir dos quais é suspensa uma cortina de cabos. A cortina de cabos poderá ser utilizada para transmitir corrente da ponte ao carro, ou da ponte à uma unidade de controlo suspensa.